Últimas Notícias

Envie informações sobre o concerto de sua Banda

Clique aqui

10/11/2014 - Concurso Nacional de Composição premia 12 obras no Conservatório de Tatuí

Concertos em duas noites marcaram estreia mundial de obras concorrentes

Concertos nas noites dos dias 7 e 8 de novembro de 2014 marcaram as premiações das obras vencedoras da primeira edição do Concurso Nacional de Composição para Bandas. Integrante do Coreto Paulista, programa do governo do Estado de São Paulo e realizado pelo Conservatório de Tatuí, o concurso distribuiu prêmios para o primeiro e segundo lugares nos seis níveis.
A seleção das obras ficou a cargo de comissão presidida por Marcelo Maganha e composta pelos músicos Alexandre Travassos, Edson Beltrami e Edmundo Villani-Côrtes. No dia 7, eles selecionaram como vencedora obras dos níveis 1, 2 e 3. No dia 8, julgaram composições dos níveis 4, 5 e 6. Nas duas noites, as composições “ganharam vida” por meio de execuções da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, com regência de Dario Sotelo.
As apresentações gratuitas aconteceram no teatro “Procópio Ferreira”. No nível 1, a grande vencedora foi a composição “Canção de Ninar”, de Luciano da Costa Nazário. O segundo lugar ficou com a composição “Game By Game”, de Glauber Lúcio Alves Santiago.
O prêmio de primeiro lugar do nível 2 foi entregue para Glauber Lúcio Alves Santiago, que compôs “O Ribeiro de Tanger”. Em segundo lugar, esteve “Abertura Festiva”, de Tiago Vidal Correa.
No nível 3, “Variações sobre o ‘Sapo-Cururu’, de Renato Goulart, venceu o concurso. O segundo lugar ficou com a obra “Assertividade”, composta por Benedito Rodrigo de Campos.
Ainda na noite de sexta-feira, o corpo de jurados entregou menção honrosa para Glauber Lúcio Alves Santiago. O prêmio foi concedido pela obra “Em Quatro, Em Três e em Dois” (nível 1).
A música “Caminhos da Alma”, de Benedito Rodrigo de Campos, levou o prêmio de primeiro lugar do nível 4. O compositor também teve a obra “Destino Comum” eleita vice-campeã.
No nível 5, o prêmio de primeiro lugar foi entregue para Glauber Lúcio Alves Santiago, que compôs “Quartas em Campanha”. “Tanatose”, de Tiago Vidal Correa, faturou o segundo lugar.
Glauber Lúcio Alves também levou o primeiro lugar no nível 6, com a música “Sonhos de Genevieve”. O segundo lugar ficou com Giovane Estéfano Briguente, com “Revolução Francesa”.
As premiações marcaram as estreias mundiais das obras inscritas, sendo a primeira execução em Tatuí. Seis composições, com tempos entre dois e cinco minutos, concorreram no nível 1. Quatro disputaram o nível 2, com duração entre três e sete minutos. Os demais níveis registram duas obras selecionadas, cada.
No nível 3, as composições tiveram duração total entre 6 e 10 minutos; no 4, estiveram as obras de 7 a 12 minutos; no nível 5, entre 9 e 15; e no nível 6, concorreram as composições com duração entre 12 e 17 minutos. Dos níveis 3 ao 6, o tempo de duração pôde ser “distribuído livremente entre os movimentos, ficando a critério do compositor”.
Realizado na modalidade Banda Sinfônica, o 1º Concurso Nacional de Composição para Bandas aceitou inscrições de compositores brasileiros natos ou naturalizados. Ele teve como meta incentivar a composição de obras para banda sinfônica em diferentes níveis (de dificuldade).
A ideia central é assimilar os aspectos positivos das experiências anteriores do Coreto Paulista, levando-se em conta as sugestões, reivindicações e colaborações dos participantes, jurados, músicos e regentes que estiveram nas diversas ações do programa.
Com coordenação de Dario Sotelo, o concurso também visa a incentivar a modernização da escrita para banda, usando a instrumentação padrão atual. As metas incluem, ainda, ampliar e renovar o repertório brasileiro para este grupo, disponibilizando-o às bandas do Estado de São Paulo e demais interessados por meio do programa; e motivar compositores para o estudo das obras consagradas dos compositores nacionais e internacionais.
A iniciativa também focou a motivação de compositores para a adaptação da identidade musical brasileira aos parâmetros técnicos internacionais, propiciando que as obras possam ser publicadas e executadas no exterior; e incentivar jovens compositores a escreverem para bandas, usando uma instrumentação padrão para os diversos níveis de adiantamento instrumental.
Os primeiros colocados em cada nível receberam prêmios em dinheiro, que variaram conforme o nível, e certificados de participação. No total, o concurso fez a distribuição de R$ 13.500 em prêmios, sendo R$ 1.000 para o vencedor do nível 1; R$ 1.500 para o nível 2; R$ 2.000 para o vencedor do nível 3; R$ 2.500 para o nível 4; R$ 3.000 para o nível 5; e R$ 3.500 para o nível 6.
Também como prêmio, os primeiros e segundo colocados de cada um dos níveis serão contemplados com edição e editoração das composições vencedoras, bem como suas gravações em CD institucional pelo Conservatório de Tatuí. A criação será realizada em data a ser definida.
Concorrência acirrada
Em sua primeira edição, o Concurso Nacional de Composição para Bandas – modalidade Banda Sinfônica realizado em Tatuí registrou inscrições de obras apresentadas por músicos de 14 cidades de três estados brasileiros. Os concorrentes vieram de São Paulo, Minas Gerais e do Rio de Janeiro, tendo apresentado seus trabalhos entre os dias 31 de março e 28 de julho deste ano.
O maior número de composições inscritas é de São Paulo, com candidatos de dez municípios. Concorreram músicos de Campinas, Barueri, Itanhaém, Itapevi, Nova Friburgo, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto, Sorocaba e Tatuí. Também do Sudeste, participaram artistas de Belo Horizonte, em Minas Gerais, e de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.
Os concorrentes apresentaram composições originais e inéditas, sobre temas livres. As obras passaram por análises conforme critérios estabelecidos no regulamento (poderão conter um ou mais movimentos, têm de ser acompanhada de nota introdutória e duração mínima e máxima conforme níveis).
O concurso teve realização em duas fases: eliminatória e final. Na primeira, quatro composições de cada nível (ao todo, são seis) foram selecionadas para a final. Na segunda, no final de semana passado, elas foram executadas “ao vivo” pela Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí.